Connect with us

ADJ

Futsal: Em noite onde os goleiros brilharam, Sorocaba elimina o Jaraguá

© Beto Costa (Agência Avante!)

© Beto Costa (Agência Avante!)

Foram dois jogos distintos e com heróis diferentes. Se nos 40 minutos regulamentares o Jaraguá foi melhor, com Baranha brilhando, na prorrogação foi a vez de Tiago se destacar e ser decisivo para a classificação do Sorocaba à decisão da Liga Futsal, ontem (24), na Arena.

No primeiro dos jogos, o Jaraguá dominou amplamente. Precisando da vitória, a equipe mostrou autoridade na Arena Jaraguá completamente lotada. Marcou 3 a 0 com gols de Pepita, Diego e Dian (foto), resultado que aliado a uma atuação inspirada de Baranha, levou a decisão da vaga à prorrogação.

No segundo jogo, Baranha ia segurando o empate até quatro segundos para o fim da primeira etapa. Foi quando Rodrigo errou um chute e achou Fellipe Mello livre. Este enfim venceu o goleiro jaraguaense. Detalhe que, no lance anterior, Falcão havia brincado com o arqueiro avisando que uma hora a bola iria entrar.

Após o gol, o Jaraguá precisou domar seus nervos e voltou a crescer na partida após a entrada de Diego como goleiro linha. Começou a ‘bombardear’ a meta sorocabana, mas parou nas mãos de Tiago, que momentos antes havia sido eternizada no ‘Hall da Fama’ da Arena.

Sua estrela brilhou ainda mais forte quando restava 1:43, ao fazer uma defesa arrojada, nos pés de Dian, evitando o gol de empate e a consequente classificação do Jaraguá à decisão. Antes do apito final, Xuxa ainda marcou o segundo gol do Sorocaba, aproveitando uma desatenção na jogada de goleiro-linha.

E depois de uma hora de muita emoção, a bola só poderia ter acabado nas mãos de um dos goleiros. Pena que foi nas mãos de Tiago.

Ao final da partida, o ala Falcão resumiu bem o que foi esta semifinal. “Esse tipo de jogo não se joga, se ganha. Não importa como”, disse. Já o técnico Vander Iacovino, do Sorocaba, enalteceu a excelente campanha jaraguaense. “Conseguimos derrotar uma equipe que foi a melhor da competição, o tempo todo. Se fosse um campeonato de pontos corridos, certamente o Jaraguá seria o campeão. Mas a Liga Futsal não é assim”, afirmou.

Do lado jaraguaense, ficou o sofrimento e um gosto amargo de ‘quero mais’. “É um sentimento doloroso. Fica a sensação que poderia ter sido um pouco mais. Mas tinha que sair um vencedor e foi o Sorocaba. Perdemos, mas fizemos um ótimo jogo e temos que enaltecer o nosso grupo”, lamentou o técnico Sergio Lacerda. “Foi no detalhe. Lutamos até o final e saímos de cabeça erguida”, acrescentou o fixo Rafinha.

“Ficamos chateados pelo o que fizemos durante todo o ano. Sabíamos que tínhamos potencial para o título, mas a Liga Futsal é uma competição muito difícil. Mas não podemos deixar esse sentimento morrer e Jaraguá do Sul mostrou que é a principal cidade do Brasil quando se fala em futsal”, concluiu o ala Caio, antes de prometer dias mais felizes para o torcedor em 2015. Este soube reconhecer e aplaudiu de pé a equipe ao final da partida.

More in ADJ