Connect with us

Poliesportivos

Poliesportivo: Arena Jaraguá pode voltar a receber eventos de grande porte. Entenda!

Construída em 2007 e tratada como um dos maiores patrimônios da cidade de Jaraguá do Sul, a Arena Jaraguá está longe de ser um elefante branco.

Casa do Jaraguá Futsal, um dos clubes mais reconhecidos do salonismo mundial, o templo jaraguaense é palco de grandes jogos ao longo ano, além de ser sede de escolinhas e receber eventos locais dos mais diversos segmentos. Por outro lado, é inegável a falta que os munícipes sentem em poder presenciar de perto eventos de grande porte.

Como não lembrar as duas edições do UFC, realizadas em 2013 e 2014? Ou da etapa da Liga Mundial de Vôlei entre Brasil e Itália, também em 2014? E essa saudade que já perdura há anos pode estar com seus dias contados.

Especializado em gestão esportiva, com vertentes em arenas, o gaúcho Ricardo Richter esteve na cidade nos últimos dias para fazer um diagnóstico e auxiliar os gestores a colocar o complexo novamente na rota de importantes eventos nacionais e internacionais.

Richter também esteve na pista de atletismo | Foto: Eduardo Montecino/OCP News

Richter também esteve na pista de atletismo | Foto: Eduardo Montecino/OCP News

Com investimentos mensais de cerca de R$ 20 mil, e, arrecadações anuais que giram em torno de R$ 200 mil a R$ 250 mil com locações, a Arena Jaraguá é autossustentável, com toda sua manutenção cotidiana, que inclui água, luz, limpeza, entre outros serviços.

Mas sem capacidade de investimento para trazer grandes eventos, a Prefeitura Municipal – administradora da Arena – busca parceiros que loquem o espaço e a utilizem para realização da mesma.

A visita de Richter, que tem como um dos seus clientes o Allianz Parque, casa do Palmeiras que serve de exemplo como uma arena autossustentável e lucrativa no país, pode ser a ponte para Arena Jaraguá reviver seus grandes momentos. O primeiro passo foi dado com a vinda de um especialista para conhecer e avaliar o local.

“A Arena Jaraguá é um trunfo que a cidade tem e que pode ser muito melhor explorado nesse sentido. Agora cabem as pessoas que enxergam potencial nesse equipamento, buscarem os parceiros certos para fazer acontecer. O futuro é promissor. o que falta é polir um pouco essa pedra preciosa para que ela brilhe de fato”, destaca Richter.

Benefícios         

Mais do que uma opção de lazer, os eventos grandiosos movimentarão a economia da cidade, através de hotéis e restaurantes, além de gerar mais empregos e renda aos cofres municipais.

“Entendemos que seria importante ter um olhar de fora como do Ricardo, que pode agregar muito para nosso desenvolvimento. A nossa Arena é muito utilizada, mas queremos eventos ainda maiores para trazer dinheiro novo na cidade”, finaliza Marcelo Nasato, diretor de turismo de Jaraguá do Sul.

Ainda não há projetos concretos para o retorno de um evento de grande porte na Arena Jaraguá, que até está pronta para receber um ‘novo UFC’, por exemplo, mas aguarda interessados em sedia-la. Foi apenas uma visita para um primeiro diagnóstico do profissional, que destaca uma união de forças como ponto fundamental para o sonho voltar a ser realidade.

“Não adianta a dona da Arena (Prefeitura) ter essa intenção se a sociedade não abraçar a causa. A ideia tem que amadurecer nas pessoas da comunidade como uma possibilidade de negócio maior e se estruturar em torno disso”, disse.

LEIA TAMBÉM: Após um ano de transplante no coração, atleta revive paixão pelo esporte

More in Poliesportivos