Connect with us

ADJ

Futsal: “Foi um ano satisfatório”, diz presidente do Jaraguá sobre a temporada 2019

Um 2019 intenso e de momentos muito distintos. Assim foi a temporada do Jaraguá Futsal. De um início animador com título de pré-temporada, passando por situações turbulentas até chegar a uma inesperada semifinal na maior competição do país, o clube viveu capítulos que até poderiam se tornar roteiro de filme.

Com a conquista da Copa Três Coroas, no Rio Grande do Sul, em fevereiro, o aurinegro apresentou um começo de ano promissor, sobretudo, para um elenco que mostrou um rápido entrosamento em tão pouco tempo de pré-temporada.

Aurinegro sagrou-se campeão da Copa Três Coroas no mês de fevereiro | Foto: Ariane Tadday

Aurinegro sagrou-se campeão da Copa Três Coroas no mês de fevereiro | Foto: Ariane Tadday

Mas aí veio a Liga Nacional e Estadual, e junto com ambas, uma brusca queda de produção da equipe que amargou resultados incompatíveis com sua história, fazendo com que alguns jogadores deixassem o clube, assim como o técnico Fernando Ferretti.

Pouco conhecido da torcida, Lucas Chioro chegou da China e teve dificuldades com duas derrotas em clássicos contra o Joinville logo no início de sua passagem. Porém, o novo treinador foi ajeitando o time com o passar do tempo.

No Catarinense e Jasc, as eliminações precoces nas quartas de final foram frustrantes, mas na LNF, o comandante levou o time quase eliminado na primeira fase até a semifinal, onde a Arena voltou a ser um dos palcos mais emblemáticos do salonismo nacional.

Após tantas emoções em um ano que chegou ao fim no último sábado (23), o OCP News conversou com o presidente Marcio Haffemann que fez uma avaliação da temporada e falou de diversos assuntos, como a montagem do elenco para 2020. Confira!

Passados todos esses momentos na temporada, que avaliação você faz de 2019?

“Começamos o ano com uma expectativa muito grande depois de ser campeão da Copa Três Coroas. Infelizmente, não mantemos o bom momento em boa parte do ano. Pecamos no Estadual, porque não podemos nos contentar com uma quartas de final. Mas estávamos na Liga Nacional e conseguimos chegar entre os quatro melhores do Brasil, perdendo a classificação para final nos detalhes. Sabemos que o Jaraguá Futsal tem que disputar títulos, mas acredito que foi um ano satisfatório pela forma que terminou”

Quais foram os momentos que mais te marcaram?

“O que mais entristeceu foi quando estávamos na última colocação da Liga e ouvimos muita coisa. Muitos ainda não se deram conta ou ainda não sabem que o Jaraguá continua em uma reestruturação financeira e tem uma dívida a ser paga, mas estamos horando os compromissos e sanando outras pendências passadas. Mas tudo vale a pena, porque ver a Arena cheia como foi na semifinal contra o Pato não tem preço. Acredito que resgatamos a paixão do torcedor jaraguaense e isso é fundamental”

Com a semifinal da LNF, a responsabilidade de se manter no topo aumenta para 2020?

“Temos patrocinadores que estão conosco desde 2017 e muitos renovaram confiando no trabalho de transparência dessa gestão. Porém, eles já nos cobram títulos e não querem serem lembrados só como pagadores de dívida. Além de sanar as dívidas, temos que montar um time mais competitivo possível para dar esse respaldo justo aos patrocinadores e nossos torcedores” 

Quantos atletas devem começar o próximo ano e qual perfil de elenco está sendo buscado?

“A ideia é iniciar o ano com 11 atletas profissionais e mais alguns oriundos da base. No meio do ano, devemos buscar mais uma ou duas peças para fechar o grupo na reta final da temporada. Estamos fazendo um elenco novamente dentro do nosso orçamento, sem fazer loucuras. Mas queremos dar um passo maior em 2020 e posso garantir que teremos um time muito competitivo. Também estamos priorizando a busca por jogadores catarinenses, porque queremos retribuir o apoio da Prefeitura e Secel buscando o título dos Jogos Abertos de Santa Catarina que serão em Jaraguá do Sul. Mas é claro que contaremos com atletas de alto nível e de outros Estados para brigar pelas primeiras posições do Estadual e Liga”

Como foi a renovação com o técnico Lucas Chioro. E qual situação dos demais membros da comissão técnica?

“Foi uma negociação (com Lucas Chioro) muito tranquila, porque ambas as partes queriam a permanência. Agora estamos vendo alguns nomes que ele passou para montar um time competitivo, que é o perfil do Lucas. Com relação a comissão técnica temos a ideia de trazer um novo supervisor e deixar o Fred (Antunes) apenas como preparador de goleiros. Junior fisioterapeuta), Darian (médico) e João (massoterapeuta) devem permanecer. O Serginho já nos avisou que não vai continuar e ainda não fechamos com o substituto”

Qual a programação do clube para o fim de 2019 e início de 2020

“Devemos fechar o elenco até o fim deste mês e apresentação oficial está prevista para primeira semana de fevereiro. Temos o convite para estar novamente na Copa Três Coroas, mas ainda vamos analisar a participação, já que muitos jogadores atuam em torneios de verão no mês de janeiro e o técnico Lucas Chioro deve usar a pré-temporada apenas para treinos e alguns amistosos”

LEIA TAMBÉM:

– Jaraguá sofre gol no fim, empata com o São Francisco e é eliminado do Catarinense

– Com uniforme da época da Malwee, time dos EUA faz homenagem ao futsal jaraguaense

– Da arquibancada à diretoria: os torcedores que reergueram Juventus e Jaraguá Futsal

More in ADJ