Connect with us

Atletismo

Cego, catarinense desbanca limitações e é ovacionado ao completar corrida em Jaraguá do Sul

Alguns atletas que estiveram na Jaraguá Sky Marathon, no último fim de semana, chegaram ao evento com um ímpeto competitivo e almejando o pódio a cada passo.

Veja mais: Confira os campeões da inédita corrida de montanha em Jaraguá do Sul

Mas a maioria dos participantes trataram a corrida de montanha como um desafio pessoal, a fim de superar os próprios limites. E Gilberto Correia, de 65 anos, sabe bem o que é isso.

Há cinco anos, o blumenauense perdeu completamente a visão por conta das diabetes. Na escuridão total, cego e trancado em casa, entrou em depressão profunda e perdeu muito peso, chegando a ficar com 46kg.

Mas um ano depois de se tornar deficiente visual, ele resolveu agir e descobriu que podia correr e que não precisava dos seus olhos para isso.

Na companhia de um amigo, pegou o tênis e foi para rua treinar. O exercício se tornou parte do seu dia a dia, até participar da primeira corrida oficial em dezembro de 2016.

De lá para cá, foram mais de 50 provas já realizadas, entre ruas e montanhas, como a Jaraguá Sky Marathon.

“A corrida é importantíssima. Lá no início, vi que minha vida era correr do meu jeito e hoje não consigo mais ficar parado, é um vício”, declara.

Foto: Lucas Pavin/Avante! Esportes

Acompanhado por Vanusa Zimermann, de 32 anos, Giba, como é conhecido, encarou as dificuldades da prova em terras jaraguaenses, uma das principais do Brasil.

Mas as subidas e o percurso desgastante não foram capazes de parar o atleta que completou os 5km em uma 1h50min, sendo ovacionado pelo público presente na chegada ao Parque de Eventos.

“Ele (Gilberto) é uma inspiração para todo mundo. Eu já corro e faço trilha há bastante tempo, mas como guia foi a primeira prova. Agradeço ele por ter me convidado e o Gilberto pensa que eu estou fazendo bem a ele, mas é ele que está fazendo o bem para mim”, destacou Vanusa.

E a trajetória do blumenauense não para por aí. Só no primeiro semestre, ele já confirmou presença em diversas provas, tendo praticamente um compromisso por semana.

Dedicação que mostra a felicidade plena de quem supera todas as adversidades por um objetivo.

“Único recado que eu deixo para alguém que é diabético ou depressivo, saia da zona de conforto e vai se movimentar, porque é muito bom. Correr foi a melhor escolha da minha vida”, finalizou Gilberto Correia.

More in Atletismo