Connect with us

Futsal

Ídolo do Jaraguá Futsal, Xoxo vive primeira experiência como técnico no Paraguai

Foto: Divulgação/Cerro Porteño

Muitos o conhecem pela carreira vitoriosa dentro das quadras, principalmente em Jaraguá do Sul, onde ajudou o futsal da cidade a levantar diversos troféus na ‘Era Malwee’.

Mas agora, Xoxo vive uma experiência nova e única na carreira. Aos 47 anos, o ex-jogador aceitou o convite do Cerro Porteño e já vem comandando o maior clube do Paraguai.

Administrador de uma escolinha que leva seu nome e revela inúmeros talentos no município jaraguaense, Xoxo já trabalhou à beira da quadra, mas como auxiliar de Fio, em 2017, no Jaraguá Futsal.

Passados quatro anos, ele terá sua primeira experiência como técnico principal e justamente no clube que já tem uma certa ligação por ter morado em Assunção para acompanhar a carreira dos dois filhos, que jogaram na base do Ciclón.

A equipe azul-grená escolheu Xoxo, visando os dois principais compromissos na temporada: a Libertadores e a Liga Nacional do Paraguai.

Foto: Divulgação/Cerro Porteño

A competição sul-americana acontece entre os dias 16 e 21 de maio, em Montevidéu, no Uruguai.

Campeão em 2016 em cima do Jaraguá e vice da última edição em 2019 – cancelado no ano passado por conta da pandemia, o Cerro integra o Grupo C, ao lado de Alianza Platanera (Colômbia), Universidade de Chile (Chile) e Nacional (Uruguai).

Dois clubes brasileiros estão no torneio. No Grupo A, tem o Carlos Barbosa, que enfrenta Universitário (Peru), San Lorenzo (Argentina) e Sportivo Bocca (Equador).

Já no Grupo B, o Corinthians mede forças com Peñarol (Uruguai), Delta Te Quiero (Venezuela) e Projecto Latín (Bolívia).

Pelo regulamento da competição, classificam-se às quartas de final os dois melhores colocados de cada chave, além dos dois melhores terceiros.

Foto: Divulgação/Cerro Porteño

A classificação ao mata-mata é o objetivo inicial do Cerro Porteño, mas segundo Xoxo, a equipe espera mesmo é voltar a final do torneio.

“Treinar o Cerro é uma satisfação muito grande e o convite é um reconhecimento do trabalho que estamos fazendo em Jaraguá do Sul, além da experiência como jogador. O time tem a base dos jogadores da seleção paraguaia e nossa vontade é de chegar na final. Espero dar alegrias aos torcedores”, destacou.

More in Futsal