Connect with us

Futebol

Destaques, reforços e time-base: como chega o Juventus para a Série D do Brasileiro

Foto: Lucas Pavin/Avante! Esportes

O Juventus estreia na Série D do Campeonato Brasileiro neste domingo (6), contra o Caxias, às 16h, no estádio João Marcatto.

O Moleque Travesso conquistou a vaga após chegar na semifinal do Campeonato Catarinense de 2020 e retorna a uma competição nacional depois de 25 anos.

O time do técnico Pingo entra na quarta divisão vindo de uma campanha regular no Estadual, em que foi o quarto colocado na primeira fase – atrás apenas de Chapecoense, Brusque e Avaí -, mas acabou sendo eliminado nas quartas de final para o Marcílio Dias.

Para o Brasileiro, o Tricolor trouxe seis reforços: o zagueiro Maurício (ex-Pelotas), o meia Júlio Pacato (ex-Sertãozinho) e outros quatro jogadores que voltam de empréstimo.

No caso, o zagueiro Felipe Gregório (Figueirense), os laterais Maninho (Bandeirante) e Pablo (São Bento), além do meia Marllon (Figueirense).

Marllon está de volta ao Tricolor | Foto: Lucas Pavin/Avante! Esportes

Por outro lado, seis atletas deixaram o clube após não terem seus contratos renovados: o goleiro Elissom, o zagueiro Victor Caetano, o volante Welton Heleno, os meias Diogo Dolem e Robertinho, e o atacante Deivide.

“Chegaram jogadores que se adaptaram rapidamente ao nosso estilo de jogo e com características que pretendíamos. Qualificamos o grupo, fiquei muito feliz e com pensamento bem positivo referente ao que nossa equipe pode produzir na Série D”, disse o técnico Pingo

Time-base

O treinador deve manter boa parte da base titular que vinha jogando o Estadual. As mudanças vão ocorrer na zaga, com a entrada de Felipe Gregório, e no meio-campo, com o ingresso de Marllon.

Com isso, um possível time-base tem Iago Hass; Genilson, Felipe Gregório, Wallinson e Cesinha; Tássio, Vini Garcia, Rayan, Marllon e Fabinho; Jô.

Porém, para a estreia contra o time gaúcho, os desfalques por lesão obrigam o técnico Pingo a promover mais alterações.

Zagueiro Wallison é um dos desfalques para estreia | Foto: Lucas Pavin/Avante! Esportes

Genilson (lesão muscular na posterior da coxa direita), Wallinson (edema ósseo) e Vini Garcia (joelho) são baixas para domingo.

Maninho e Mauricio ocupam as vagas na lateral e defesa, respectivamente. Já Allan entra no lugar de Vini, enquanto Rayan será novidade no ataque.

Destaques

A equipe conta com algumas referências dentro de campo. O principal deles é o atacante e capitão Fabinho.

Aos 37 anos, ele é o jogador mais experiente do grupo e vem sendo o maior nome do Juventus na temporada. Entre Copa SC e Campeonato Catarinense, foram seis gols e quatro assistências.

Fabinho é o maior artilheiro e garçom do Juve na temporada | Foto: Lucas Pavin/Avante! Esportes

Outro destaque é o goleiro Iago Hass, que disputou todos os jogos do time no ano e teve grandes atuações como dono da camisa 1.

Voltando de empréstimo após se destacaram no Estadual do ano passado pelo Tricolor, o zagueiro Felipe Gregório e o meia Marllon também chegam como grandes esperanças da torcida.

Histórico em competições nacionais

Essa será a terceira participação do Juventus em torneio com chancela da CBF. As outras duas foram em 1995 e 1996, na Série C do Brasileirão.

Em 95, a equipe então comandada Joubert Pereira surpreendeu ao passar pela primeira fase em um grupo que tinha Ituano e Santo André, ambos de São Paulo, somando uma vitória, dois empates e uma derrota.

Na segunda fase, já disputada no formato de mata-mata, o Juve despachou o Ypiranga (RS) com dois triunfos, e só foi cair na terceira fase ao ser superado pelo Caxias (RS), após empatar em casa e perder fora.

Juve caiu apenas na terceira fase, em duelo de mata-mata contra equipe gaúcha | Foto: Lucio Sassi

Resultados

  • Santo André 2×1 Juventus (1ª fase – 1ª rodada)
  • Ituano 1×1 Juventus (1ª fase – 2ª rodada)
  • Juventus 1×1 Ituano (1ª fase – 3ª rodada)
  • Juventus 2×0 Santo André (1ª fase – 4ª rodada)
  • Ypiranga 1×2 Juventus (2ª fase – jogo de ida)
  • Juventus 2×0 Ypiranga (2ª fase – jogo de volta)
  • Juventus 2×2 Caxias (3ª fase – jogo de ida)
  • Caxias 2×1 Juventus (3ª fase – jogo de volta)

Já em 96, a trajetória foi bem diferente. Sob o comando de Sérgio Lopes, o Moleque Travesso acabou ficando logo na primeira fase após somar duas vitórias, três empates e uma derrota, na chave que tinha Sãocarlense (SP), Atlético Sorocaba (SP) e Rio Branco (PR).

Equipe jaraguaense antes do jogo contra o Sãocarlense (SP) | Foto: Daniel Pereira (Acervo Pessoal)

Resultados

  • Juventus 2×0 Sãocarlense (1ª fase – 1ª rodada)
  • Juventus 1×1 Atlético Sorocaba (1ª fase – 2ª rodada)
  • Rio Branco 2×2 Juventus (1ª fase – 3ª rodada)
  • Juventus 0x0 Rio Branco (1ª fase – 4ª rodada)
  • Atlético Sorocaba 2×0 Juventus (1ª fase – 5ª rodada)
  • Sãocarlense 1×2 Juventus (1ª fase – 6ª rodada)

Agenda de jogos do turno

1ª Rodada

  • 06/06 – 16h – Juventus x Caxias

2ª Rodada

  • 12/06 – 19h – Esportivo x Juventus

3ª Rodada

  • 19/06 – 15h – Joinville x Juventus

4ª Rodada

  • 27/06 – 16h – Juventus x Rio Branco

5ª Rodada

  • 04/07 – 16h – Juventusx Marcílio Dias

6ª Rodada

  • 10/07 – 19h – FC Cascavel x Juventus

7ª Rodada

  • 18/07 – 16h – Juventus x Aimoré

 

More in Futebol